Inflação..., acordaram o monstro...,


Alimentos e remédios pesam e IPCA sobe 0,55% em abril

Os alimentos continuaram a pressionar o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em abril, ao contrário das expectativas, e junto com os serviços e remédios elevaram a inflação do mês para 0,55%.
O resultado veio bem acima do projetado por analistas (0,47%) e da inflação de março, quando o índice subiu 0,47%.
PRODUTOEM ABRILNO ANOEM 12 MESES
Tomate7,3972,79149,69
Farinha de mandioca4,4341,17146,31
Batata inglesa16,1660,42123,48
Cebola10,9671,8594,18
Cenoura7,8265,2961,59
Alho1,554,0946,25
Feijão mulatinho7,7618,7733,74
Ovo1,8414,1829,2
Hortaliças e verduras3,3124,7127,56
Arroz-1,87-4,1126,85
Frango inteiro-1,925,0123,1
Feijão-carioca9,4434,4422,85
Pão francês0,84,715,86
Frutas3,2411,3514,91
Leite em pó2,885,7414,56
Lanche0,683,7313,4
Frango em pedaços-1,589,7112,9
Sorvete5,947,7312,09
Refrigerante1,463,4511,52
Leite2,915,4711,07
Óleo de soja-2,87-5,4510,36
Biscoito1,465,989,6
Refeição0,923,639,26
Queijo1,784,859,07
Café moído-1,37-0,895,8
Carnes-1,78-2,392,61
Açúcar refinado-4,5-9,05-7,02
Açúcar cristal-3,41-7,14-11,04
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/05/1275215-alimentos-e-remedios-pesam-e-ipca-sobe-055-em-abril.shtml

Comentários

Postagens mais visitadas