Expedição Veja - São José dos Pinhais(PR)

Automóveis impulsionam desenvolvimento de São José dos Pinhais 

Exportações da cidade paranaense correspondem ao triplo de todo o Tocantins

O caminho de Jundiaí (SP) para Joinville (SC) levou a Expedição VEJA a São José dos Pinhais (PR), sede do terceiro maior polo automotivo do país.
A cidade na região metropolitana de Curitiba tem 280.000 habitantes abriga fábricas da Volkswagen, Nissan e Renault. No ano que vem, a Audi deve retomar sua produção no município, que havia sido interrompida em 2006.
A nova fábrica da Audi é fruto de um investimento de 500 milhões de reais. A expectativa é que a fábrica gere 3.000 empregos diretos e indiretos.
A instalação das montadoras na região começou em 1995, com a chegada da francesa Renault após o governo do Estado instituir uma atrativa isenção de impostos para as fabricantes de automóveis.

​Leia mais: De SP ao PR, rodovias compensam pedágios caros
A lição de Jundiaí: crescimento sem desordem​
Expedição VEJA: ajude a revelar o Brasil que dá certo
Após as montadoras, várias indústrias de peças automotivas se instalaram na cidade, o que deu dinamismo à economia de São José dos Pinhais. Em 2012, as exportações do município somaram 1,9 bilhão de dólares – três vezes mais do que o Estado de Tocantins, por exemplo. Os veículos automotivos (42,2%) e as peças para carros (11,5%) correspondem a mais da metade do valor exportado pelo município.

Além dos incentivos fiscais oferecidos pelo governo do Estado e da oferta de mão de obra a custo baixo, a localização favorece o desenvolvimento: a cidade fica a 81 km do Porto de Paranaguá (PR) e a 120 km do porto de Itapoá (SC). O Aeroporto Afonso Pena, o principal do Estado, também está situado em São José dos Pinhais.
Foto: Wolkswagen - Localizada na cidade de São José dos Pinhais (PR), na região metropolitana de Curitiba, a fábrica tem área total de 1,3 milhão m², dos quais 303 mil m² são de área construída.

Comentários

Postagens mais visitadas