"Nosso caráter é o resultado da nossa conduta." *Aristóteles

Lula-Bombom-25nov2004-460x283
“Aprendi muitas coisas com o Lula”, vive recitando Eduardo Paes. Aprendeu, por exemplo, a lidar com lixo, informam as imagens que mostram em ação o mestre e o discípulo. Como atestam as duas fotos, o então presidente revelou numa cerimônia em Tucuruí a fórmula que adotou para livrar-se do papel que reveste um bombom de cupuaçu: capricha na cara de paisagem e joga o papel no chão.
O vídeo demonstra que Paes se inspirou na aula prática de Lula para desfazer-se do resto da fruta que acabara de devorar durante uma visita eleitoral. Coerentemente, a dupla de contraventores pilhados em flagrante reagiu com a desfaçatez de gente que joga lixo no chão ou na rua. O professor nunca teve compromisso com a verdade. O aluno também vai aprendendo a mentir com a placidez beatífica quem lê trechos da Bíblia.
“Isso é armação de gente preconceituosa, daqueles que não se conformam com o sucesso de um operário nordestino”, fantasiou-se novamente de mártir o palanqueiro que não sabe o que é trabalho braçal desde 1974. Surpreeendido pela câmera, o prefeito que suja a cidade assolada pela greve dos garis jurou que não se lembrava do arremesso de lixo. “Mas faço questão de ser multado”, vangloriou-se.
Já com um sorriso de pecador redimido, esboçou uma primeira explicação: talvez tivesse repassado o problema que tinha na mão a um funcionário municipal encarregado de resolvê-lo de vez. Horas depois, costurou uma segunda hipótese: talvez tivesse tentado encestar o lixo num recipiente apropriado que, infelizmente, não aparece no vídeo. Interrompeu a conversa de 171 ao ler no Globo que a lixeira mais próxima estava a 200 metros do arremessador.
O prefeito deveria examinar com carinho a ideia de mudar de professor. Pelo menos três ex-alunos que completaram o curso com o Grande Mestre (e pareciam a caminho do doutorado) hoje descansam na Papuda.

Comentários

Postagens mais visitadas