O aumento dos impostos como instrumento de Justiça Social


ESCRITO POR LUISINHO DA UJS  

É um fato inegável que nos últimos 11 anos tivemos avanços incríveis no Brasil. Um exemplo disso são as 15 milhões de pessoas recebem o Bolsa Voto Bolsa Família.

No entanto, nós sabemos que o governo poderia fazer muito mais pela população. O único problema é a falta de dinheiro. Infelizmente o governo não possui dinheiro suficiente para investir nas áreas de segurança, saúde, educação, moradia, alimentação, transporte, esportes, cultura, etc, etc, etc, etc.

Logo, podemos concluir que, para que o governo possa fornecer serviços gratuitos e de qualidade à população, será preciso aumentar a carga tributária (historicamente baixa em nosso país quando comparada com os países realmente socialistas).

Sendo assim o governo federal brasileiro deveria tomar as seguintes medidas progressistas para resolver o problema da falta de dinheiro nos cofres públicos:

1 – Aumento do imposto de renda para 70% (para todos indistintamente).
2 – Aumentar em 50% a alíquota de todos os outros impostos.
3 - Criação de um novo Imposto sobre o Consumo de Oxigênio por Mitocôndria (ICOM = Nº Mitocôndrias x Consumo O2 x Nº Células por pessoa x Nº de pessoas por família)
4 – Propaganda massiva contra a impostofobia (pessoas egoístas e individualistas que não gostam de pagar impostos devem ser ridicularizadas em praça pública).
5 – Criminalização dos movimentos anti-imposto (estatização e desativação do famigerado “impostômetro”).
6 – Cursos obrigatórios de reeducação para impostofóbicos.
7 – Construção de cadeias exclusivas para os impostofóbicos incuráveis.

Acredito que com essas simples medidas progressistas a Justiça Social seria facilmente implantada em nosso País.
http://www.vanguardapopular.com.br/portal/comentario-popular/275-o-aumento-dos-impostos-como-instrumento-de-justica-social

Comentários

Postagens mais visitadas