TOMATE...,

Tomate, nô?
Boa parte do tomate usado na indústria brasileira de molhos e extratos está vindo da China ─ sim, do outro lado do mundo. O tomate chinês, já processado, viaja 65 dias de trem, navio e caminhão, e chega a Goiás, centro da indústria tomateira, mais barato que o brasileiro, algo como 20%.

Vá lá: o macarrão foi trazido da China, nada mais natural que o molho de tomate também venha de lá.
*Carlos Brickmann

Comentários

Postagens mais visitadas