Moro entra para o ranking dos 50 maiores líderes mundiais da 'Fortune'

Sergio Moro durante evento realizado pela revista "The Economist" no Hotel Grand Hyatt em São Paulo

Juiz da Lava Jato ocupa a 13.ª posição da lista, que é encabeçada pelo fundador da Amazon, Jeff Bezos

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, ocupa a 13ª posição do ranking dos 50 maiores líderes mundiais divulgado pela revista norte-americanaFortune. O juiz paranaense aparece à frente de Bono Vox, vocalista do U2, e dos astros do basquete da NBA Stephen Curry e Steve Kerr, que aparecem empatados no 15º lugar.
A lista é liderada pelo fundador da Amazon, Jeff Bezos. O segundo lugar é da premiê alemã, Angela Merkel, seguida de Aung San Suu Kyi, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz e ministra das Relações Exteriores de Mianmar. O papa Francisco figura no 4º lugar do ranking, seguido de Tim Cook, CEO da Apple. Mauricio Macri, presidente da Argentina, ocupa o 26º lugar.
Ao explicar a inclusão de Moro no ranking, a Fortune considera que o juiz é protagonista de "edição brasileira e real do filme Os Intocáveis". Produzido em 1987, o drama policial norte-americano tem como principal personagem Eliott Ness, um agente que organiza um grupo de policiais para combater a corrupção provocada pelos gângsteres que atingiu até cargos públicos na cidade de Chigaco em 1930. A revista também lembra o esquema de corrupção da Petrobras, que desviou 3 bilhões de dólares e o risco de impeachment da presidente Dilma Rousseff, além da reputação em farrapos do ex-presidente Lula.
Dilma e Lula também já figuraram as listas de pessoas mais influentes e poderosas do mundo. Em 2015, Dilma foi eleita a 7ª mulher mais poderosa do mundo e a 37ª pessoa mais poderosa do mundo, segundo a revista norte-americana Forbes. Em 2014, Dilma já figurava o 31ª lugar da mesma lista. Em 2009, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva figurou o 11º lugar das 50 personalidades que moldaram a década, de acordo com o jornal britânico Financial Times e, em 2010, esteve no primeiro lugar do ranking de pessoas mais influentes do mundo divulgado pela revista norte-americana Time
Fortune ainda menciona que "a coexistência passiva com a corrupção endêmica na América Latina está se tornando um hábito do passado".
Confira abaixo a lista completa divulgada pela revista:
1 - Jeff Bezos
2 - Angela Merkel
3 - Aung San Suu Kyi
4 - Papa Francisco
5 - Tim Cook
6 - John Legend
7 - Christiana Figueres
8 - Paul Ryan
9 - Ruth Bader Gingsburg
10 - Sheikh Hasina
11 - Nick Saban
12 - Huateng 'Pony' Ma
13 - Sergio Moro
14 - Bono
15 - Stephen Curry e Steve Kerr
16 - Bryan Stevenson
17 - Nikki Haley
18 - Lin-Manuel Miranda
19 - Marvin Ellison
20 - Reshma Saujani
21 - Larry Fink
22 - Scott Kelly e Mikhail Kornienko
23 - David Miliband
24 - Anna Maria Chávez
25 - Carla Hayden
26 - Mauricio Macri
27 - Alicia Garza, Patrisse Cullors e Opal Tometi
28 - Chai Jing
29 - Moncef Slaoui
30 - John Oliver
31 - Marc Edwards
32 - Arthur Brooks
33 - Rosie Batty
34 - Kristen Griest e Shaye Haver
35 - Denis Mukwege
36 - Christine Lagarde
37 - Marc Benioff
38 - Gina Raimondo
39 - Amina Mohammed
40 - Domenico Lucano
41 - Melinda Gates e Susan Desmond-Hellman
42 - Arvind Kejriwal
43 - Jorge Ramos
44 - Michael Froman
45 - Mina Guli
46 - Ramón Mendéz
47 - Bright Simons
48 - Justin Trudeau
49 - Clarence Rewcastle Brown
50 - Tshering Tobgay
(Da redação)

Comentários

Postagens mais visitadas