Veja os 10 carros mais vendidos do Brasil e os 10 dos EUA


Picapes dominam o pódio do ranking nos Estados Unidos.
Alguns modelos são vendidos no Brasil, mas longe do Top 10.


Quem achava longo demais o reinado do Volkswagen Gol no ranking brasileiro de carros de mais vendidos, que acabou em 2014 aos 27 anos, pode ver como um absurdo a liderança da Ford Série F nos Estados Unidos, que já dura 33 anos.
No começo deste ano não foi diferente. A picape continua na frente por lá, enquanto no mercado brasileiro o Fiat Palio, que destronou o Gol, mantém a primeira posição. A diferença de tamanho entre os líderes se reflete também no número total de vendas.
De janeiro a abril, foram comercializadas 240 mil unidades da Série F nos EUA, segundo a consultoria focus2move, que pesquisa mais de 100 mercados automotivos. Para chegar ao mesmo número no Brasil, é preciso somar os 8 modelos mais vendidos no mesmo período.
Em alta
Ao contrário do mercado brasileiro, as vendas nos EUA subiram em abril pelo 15º mês consecutivo na comparação anual, para 1,45 milhão de unidades. Até o final do ano, a expectativa é que o mercado americano chegue perto do recorde histórico, com 17,45 milhões.
Apenas nos 4 primeiros meses do ano, foram 5,4 milhões de carros novos nas ruas americanas – praticamente o dobro do que o Brasil espera vender no ano inteiro, amargando um 3º ano seguido de contração, conforme projeção das fabricantes.
Toyota Corolla é um pouco diferente nos EUA (Foto: Divulgação)Corolla é diferente nos EUA (Foto: Divulgação)
Modelos
Por lá, os modelos mais “populares” são as picapes. E elas não têm nada de compactas. Depois da linha F da Ford, vêm a Chevrolet Silverado e os modelos Ram, marca do grupo Fiat Chrysler (FCA).
Em seguida, aparecem 5 sedãs japoneses, um SUV e um sedã americano. Da 6ª posição em diante, todos os modelos são vendidos também no Brasil, mas estão longe de entrar no Top 10.
A tabela abaixo mostra os valores iniciais dos carros nacionais em dólares (cotação de fechamento de 18 de maio) e os preços sugeridos pelas fabricantes nos EUA (sem custo de frete). O levantamento não leva em consideração a diferença no poder de compra.
Mais vendidos Brasil x EUA (Foto: Divulgação)

Comentários

Postagens mais visitadas