Caixa Econômica reduz limite de financiamento de imóveis usados

Teto passará de 80% para 50% para imóveis financiados pelo SFH.
Mudança passará a valer a partir de 4 de maio, segundo o banco.

Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira (27) que vai reduzir, a partir de 4 de maio, a cota de financiamento para imóveis usados (LTV em inglês) e focar seu crédito habitacional em moradias novas.
Os financiamentos com recursos da poupança (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) terão uma redução do limite de 80% para 50% no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 70% para 40% para imóveis no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), pelo Sistema de Amortização Constante (SAC).
Fica de fora da mudança o crédito para a habitação popular, como o programa Minha Casa Minha Vida e os financiamentos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Nestas modalidades, não houve alterações, segundo a Caixa.
A restrição ocorre após a caderneta da poupança ter registrado uma saída líquida (retiradas menos depósitos) de R$ 11,43 bilhões em março, a maior fuga de recursos da aplicação para todos os meses. Quando a captação da poupança é reduzida, os recursos para empréstimos ficam mais escassos.

Comentários

Postagens mais visitadas