Os brasileiros arrematam as mansões suspensas de Miami

Milionários dispostos a pagar por luxo e exclusividade compram imóveis que chegam a custar US$ 37 milhões. No Porsche Design Tower, o morador dispõe de elevador privativo que transporta até o seu próprio carro

É cena de filme sobre milionários. O morador chega ao prédio, um portentoso edifício cilíndrico de 200 metros de altura, e, sem precisar atravessar um hall de entrada, entra com o carrão no elevador panorâmico e privativo que o transporta até a entrada da residência. Ao desembarcar no andar, ele se depara com um imóvel de altíssimo padrão. A porta principal é aberta a partir de um comando de voz. Da sala de visitas, o automóvel pode ser apreciado através de uma parede de vidro, que divide os cômodos do apartamento de 1.579 metros quadrados, quatro andares, com uma piscina em cada varanda e cozinha gourmet com vista espetacular para o mar. Para milionários brasileiros, o enredo descrito acima não será mais ficção. Trata-se de pura realidade para quem adquirir uma unidade no Porsche Design Tower Miami, um edifício residencial situado na praia de Sunny Isles, uma das mais belas e requisitadas regiões no sul da Flórida, previsto para ficar pronto em 2016. Dos 132 apartamentos disponíveis para reserva a partir de 2012, 110 já foram vendidos ? 30% deles para brasileiros que desembolsaram pelo menos US$ 5 milhões, valor do apartamento mais barato. ?Começamos a perceber que os brasileiros queriam apartamentos diferenciados em Miami. E procuramos fazer ofertas para esse público?, disse à ISTOÉ Luciene Cofrese, vice-presidente de vendas internacionais do Porsche Design Tower Miami.
01.jpg
LUXO
Apartamentos de até 1.579 metros quadrados possuem até quatro andares,
piscinas privativas e cozinha gourmet em cada varanda
De acordo com os idealizadores do edifício de alto luxo, os imóveis, construídos em princípio para a classe média alta dos EUA, não estavam suficientes para suprir outra demanda que surgia: a dos endinheirados latino-americanos, entre os quais brasileiros. Por volta de 2010, esses clientes começaram a buscar apartamentos mais amplos, com mais de quatro suítes, para toda a família, e serviços de alto luxo. Foi percebendo essa tendência que o empresário Gil Dezer, um dos maiores incorporadores de Miami, realizou uma parceria com a marca de carros Porsche e lançou o empreendimento. A influência latino-americana nos apartamentos é tão grande que todos eles possuem dependências de empregada doméstica ? um serviço que não costuma ser requisitado pelos americanos. ?Percebemos a demanda dos brasileiros e fomos ao País em reuniões privadas no escritório dos interessados. São clientes muito exclusivos?, afirma Luciene. Os compradores são, em sua maioria, empresários em busca de um local para passar férias com a família. A preferência por Miami se dá por uma mistura de fatores, entre eles o clima tropical, a praia e a facilidade com os idiomas presentes na cidade ? além do inglês, há forte presença do castelhano e do português. A segurança é também um dos principais atrativos, pois, em qualquer horário, pode-se caminhar sozinho pela praia ou desfilar com conversíveis sem ter de se preocupar com assaltos.
PORSCHE-04-IE-2313.jpg
OSTENTAÇÃO 
O carro que chega à residência de elevador, junto com o proprietário,
pode ser visto da sala de estar do imóvel no Porsche Design Tower
O Porsche Tower fica situado também em um local estratégico. O bairro de Sunny Isle Beach fica a dez quilômetros do centro de Miami e, por ter um menor número de freqüentadores, se torna preferência de muitas famílias brasileiras. O edifício ainda ostenta outras extravagâncias capazes de atrair quem tem muito dinheiro no banco. Na área de lazer, há um andar completo dedicado aos colecionadores de carros, sala de yoga com vista para o mar, cinema, simuladores de golfe e adegas privativas. ?Além disso, pessoas famosas podem ter muita privacidade. Só é visto quem quer?, diz Pedro Pinto CEO da Spectrum Realty Group, corretora de imóveis de alto luxo localizada em Miami. Mas o Porsche Tower não é o único edifício que entrou na onda dos milionários brasileiros. O St. Regis, que fica em Bal Harbour, Miami Beach, possui apartamentos que são vendidos por cerca de US$ 8 milhões. ?O brasileiro que tem esse poder aquisitivo quer o top, não o mediano?, diz Jaime Suarez, corretor da empresa Juarez Realtors. Em dois anos, a empresa vendeu 45 apartamentos em Miami, 90% deles para brasileiros.
IEpag91_Porsche.jpg

Comentários

Postagens mais visitadas