TAM demitirá 1.000 funcionários

Imprensa repercute demissões na TAM, mas poupa a incompetência do governo do PT

Visão obtusa – Pode-se dizer que é tacanho o comportamento da imprensa brasileira diante do anúncio de que a TAM demitirá mil funcionários, incluindo pilotos e comissários. Demissão não é uma situação agradável, mas as empresas privadas têm esse direito, desde que a legislação trabalhista vigente seja respeitada.
Não há qualquer espécie de crime na decisão tomada pela companhia aérea, que a exemplo da extensa maioria das empresas do planeta usam o corte de funcionários como uma das primeiras ferramentas para equilibrar as finanças. Na aviação, em especial, não se pode buscar o equilíbrio de contas com o a utilização de combustível alternativo e mais barato, com o uso de peças e equipamentos genéricos, piora da qualidade de manutenção. Até porque, em jogo está uma infinidade de vidas humanas.
Considerando que os veículos de comunicação encontraram até agora motivos apenas para noticiar o espanto provocado pelo anúncio das demissões, por certo estão sofrendo de miopia jornalística. Nenhuma empresa demite mil funcionários por diversão ou represália. Trata-se de uma solução muitas vezes necessária, apesar de complexa, pois pior seria manter o atual quadro de funcionários e levar a empresa a uma situação de inviabilidade econômica. E o País não precisa de novos casos como os da Varig e da Transbrasil, que deixou milhares de trabalhadores, pensionistas e aposentados na rua da amargura.
Qualquer empresa se estabelece em busca de lucro. Do contrário, pode-se dizer que é uma instituição de caridade ou seus gestores padecem de incompetência. O sindicato cumpre o seu papel ao levantar a ruidosa bandeira da indignação, pois nessa republiqueta sindicalista em que se transformou o Brasil esses pelegos do governo são muito bem remunerados para organizar protestos e paralisações.
O pecado da imprensa é limitar-se a noticiar um fato, sem informar à sociedade as causas que levaram a TAM a tal decisão. O mirabolante governo do PT levou para a Esplanada dos Ministérios, entupida por 39 inócuos ministros, uma enorme carga de incompetência e conseguiu a proeza de mandar a economia nacional pelo ralo em apenas uma década. Sem admitir o fiasco que vem protagonizando, o PT deverá em breve interferir no caso da demissão dos funcionários da TAM, até porque Dilma vive um calvário e precisa se vender à opinião pública como a solução de saias.
A moeda norte-americana, que até recentemente estava desvalorizada para ajudar no combate à inflação, agora faz voo livre e alcança a curva da alta. Os custos das empresas aéreas são baseados em dólar e não há calculadora que faça mágica. Para completar, a procura por passagens aéreas diminuiu na esteira da inadimplência e da corrosão dos salários. Bom seria se os governos petistas de Lula e Dilma não tivessem cometido as seguidas trapalhadas que levaram o Brasil ao patíbulo da crise.
ucho.info lamenta profundamente pela difícil situação que terão de enfrentar os demitidos, mas é preciso que a imprensa e a sociedade sejam mais firmes e contundentes nas críticas ao governo e nas respectivas cobranças.
O site aborda o assunto com tranquilidade, pois não faz jornalismo de encomenda e muito menos tergiversa. Fora isso, não aceitamos campanhas publicitárias “chapa branca”, porque é preciso manter o ideal e a independência.

Comentários

Postagens mais visitadas