Boa poesia...,

30/07/2013
 às 14:00 \ Feira Livre

‘O espertinho e a farsante’, por Fred Crux

Disse Dilma pra imprensa
que “Lula nunca saiu”…
é coisa de quem não pensa
ou que a verdade não viu
por certo ela está achando
que já esteve mandando
nos destinos do Brasil
Presidenta “pau-mandado”,
essa mulher obscura,
poste torto e apagado,
ganhou sua sinecura
tomou conta da cadeira,
fez um monte de besteira,
o seu caso não tem cura
O criador da maluca
muito pior do que ela
lhe armou uma arapuca
e caiu na esparrela
agora destrambelhada
perdida e inconformada
começa a contar balela
Mas Lula prepara o bote
porque é cobra criada
que sabe comer caçote
e vive de presa armada
Falastrão e mentiroso
o envolvente raposo
deixou a dama enrascada
Assim, confirmada a farsa
pela própria criatura
ela se disse comparsa
admite com candura
aceitou a palhaçada
e se sentirá honrada
se morrer nessa fritura
Já vão dez anos e meio
de mentira e enganação
o Brasil perdeu o freio
sucumbiu à corrupção
Está com a crista baixa
não tem mais dinheiro em caixa
vai perder da inflação
Mas o povo está de olho
não é bobo e só aguarda
pôs sua barba de molho
azeitou sua espingarda
porque ladrão de galinha
que anda fora de linha
apanha na retaguarda
Porque lugar de ladrão
é dentro d’uma boa cela
pra pagar sua ambição
de ser o Deus na capela,
ou no harém, um Sultão
mas este é um beberrão
um bobão pé-de-chinela
A história é implacável
com quem brinca com a verdade
o tempo é inexpugnável
e cobra caro a maldade,
a atitude mesquinha
dos que saíram da linha
por excesso de vaidade !

Comentários

Postagens mais visitadas