Reportagem, reportagem...,


Ah, a educação! Será o construtivismo a solução mais adequada? E a progressão continuada, será ela um bem ou um mal? Mais matérias no currículo, para garantir uma visão ampla da realidade, ou menos matérias, para que os estudantes possam focar melhor seus esforços e aprendê-las com mais profundidade?

Tudo isso deve ser importantíssimo. Mas há certas coisas inaceitáveis que os meios de comunicação aceitam como fatos da vida, em vez de investigar o que está acontecendo por trás das manifestações exteriores de ignorância.
Um exemplo está no cartaz afixado na porta de determinada escola, informando que não haveria aula na sexta-feira, 7 de Setembro, dia da Proclamação da República.
Errar é humano, tudo bem. Mas justo numa escola, e um erro desses?
 *Carlos Brickmann é jornalista e diretor de Brickmann & Associados

Comentários

Postagens mais visitadas