A confissão do meliante apaixonado


Mestre das frases que encerram o assunto, o jornalista Carlos Brickmann resumiu em 16 palavras o que aconteceu ao Brasil em 21 de abril de 1985:
“Sair de Tancredo para cair em Sarney é, definitivamente, encontrar um túnel no fim da luz”.
Nesta sexta-feira, Brickmann liquidou em poucos centímetros o caso do ministro do Trabalho que alterna versos do hino do Clube dos Cafajestes com declarações públicas de amor a Dilma Rousseff. Primeiro, o jornalista ressuscitou em sua coluna a frase recitada em 2006 pelo então deputado Carlos Lupi: “O PDT é um partido limpo, sem mensalão ou sanguessuga, e ficou fora de escândalos”.
Depois, Brickmann acrescentou o comentário:
“Todos pensaram que era um elogio ao seu partido. Imagine! Era apenas uma reclamação”.
*Augusto Nunes

Comentários

Postagens mais visitadas